Review: Swatch Sistem51

Escrito por , 12/08/2014 em Swatch, Testes com 2 Comentários

Swatch_Ssistem51_blue_150O relógio Sistem51, da Swatch, é, certamente, o modelo mais barato já revisado pelos veículos integrantes da rede Watch Experts, a qual o WatchTime Brasil faz parte. Nossos colegas do Monochrome-Watches.com estiveram com o relógio na mão e disseram não sentir vergonha, nem arrependimento de fazer um review dele, pois este é um dos principais lançamentos da relojoaria mundial dos últimos dez anos.

Como o primeiro modelo da Swatch de 1983, este novo relógio automático é o maior marco industrial que poderia mudar a cara da Swatch Group e também de toda a indústria relojoeira.

Swatch_Sistem51_blue_540

A história da Swatch
Swatch (que tem seu nome derivado de “Second Watch”, por seu preço acessível e visual casual) nasceu na década de 1980, no meio do que ficou conhecida a crise do quartzo. Naquele momento, a indústria relojoeira suíça era afetada intensamente pela chegada de relógios japoneses de quartzo no mercado. Os números da produção nunca foram tão baixos. No entanto, uma ideia muito simples, mas muito inteligente salvou a indústria relojoeira suíça. De fato, é possível traçar uma ascensão da alta relojoaria depois do lançamento dos modelos de quartzo da Swatch, apresentados em 1983.

A relojoaria nasceu sob a liderança de Ernst Thomke, CEO da fabricante de movimentos ETA, que foi auxiliado por um pequeno time de engenheiros. Sob o conceito do modelo Concord Delirium (o relógio mais fino do mundo), Thomke desenvolveu um relógio com o verso da caixa usado como placa principal do movimento. Os modelos Swatch foram pensados como peças de plástico de fabricação suíça, com um movimento totalmente integrado e de produção própria. Comparados aos relógios mecânicos, as novas peças custavam 80% menos em sua produção por conta de sua montagem automatizada e o número de componentes reduzido: apenas 51 peças.

A primeira coleção foi apresentada em março de 1983, com um preço inicial que se comparava aos modelos Seiko e Citizen, mas com desenvolvimento e manufatura Suíça. Auxiliadas por uma campanha de marketing agressiva, as vendas foram imensas e superaram o objetivo de um milhão de relógios para 1983 e 2,5 milhões para o ano seguinte. Nicolas G. Hayek, com um grupo de investidores Suíços, comprou a Swatch em 1985 e a usou para a fundação do que é conhecido hoje como Swatch Group.

Por conta do sucesso da companhia, toda a indústria suíça levou vantagem desta criação. O reconhecimento de diversas marcas e o nascimento de uma série de relojoeiros independentes são, basicamente, culpa da Swatch. Pode ser apenas um relógio simples, de plástico. Mas sua importância histórica é imensa.

swatch-sistem51-blue-1

Aparência geral
Swatch Sistem51 traz de volta a ideia do modelo de 1983, com uma única diferença: seu movimento. Você encontrará o conceito básico de um modelo de plástico, de fabricação suíça, com desenvolvimento próprio, movimento composto de 51 partes, completamente industrializado e com um baixo preço de revenda (cerca de US$ 150 nos EUA). Tudo o que caracterizava o modelo original Swatch está aqui, com exceção de seu movimento automático. Este não é o primeiro modelo da marca com movimento automático (alguns usam movimentos ETA), mas ele possui algo de especial com relação aos outros.

swatch-sistem51-blue-6

Quando ele foi apresentado durante a Baselworld 2013, Sistem51 criou um verdadeiro terremoto na indústria relojoeira. Um sentimento de medo e assombro. Como poderia ser possível um relógio de fabricação suíça com um movimento manufaturado (e não o pior já visto por aí) ser vendido por uma fração de um relógio Tissot equipado com um movimento ETA? Isto foi realizado ao usar sinergias dentro do próprio Swatch Group e ao aplicar o mesmo truque de mágica de 1983. Sob seu exterior divertido, Sistem 51 é um marco industrial, que apresenta muita inteligência em sua concepção. A fim de manter um baixo preço de varejo, o movimento é inteiramente feito por máquinas, sem qualquer intervenção humana, mesmo para o ajuste da precisão da mola de contrapressão e do escapamento.

Movimento
O movimento do Sistem51 é uma verdadeira façanha de engenharia, embora longe do que relojoeiros são apaixonados e costumavam produzir. E nada perto da maneira convencional de se fabricar um movimento. Pode ser barato, mas é um motor muito interessante, com mais tecnologia que qualquer ETA, Soprod ou Sellita. Para construir este movimento, ETA, Swatch R&D, Nivarox e Comadur (todos integrantes do Swatch Group) uniram forças trabalhando por dois anos para criar, desde seu esboço, um processo complexo de produção que resultou em um movimento incrivelmente simples.

O genial do modelo é que ele é composto por apenas 51 peças, espalhadas em cinco módulos unidos por um único parafuso central. A criação das partes, incluindo as 19 joias e o órgão regulador, são feitas por máquinas com o uso de soldas. O acerto do ajuste, normalmente, é uma das tarefas mais sensíveis no momento de regular um movimento. Isso requer o conhecimento de relojoeiros treinados para alcançar uma boa taxa cronométrica. No Sistem51, isso é feito por um laser que retira material suficiente para achar a taxa perfeita e, consequentemente, uma precisão também perfeita. Assim como a roda de balanço e o escapamento são feitos de material sintético antimagnético, não há sequer motivo para que desregulem.

swatch-sistem51-blue-4

Uma série de inovações ainda acompanham a peça, como pontes e placas feitas de ARCAP, um material usado por marcas de relógios de altíssimo acabamento, como Urwerk. A principal vantagem do ARCAP é que ele é antimagnético e resistente a variações de temperatura.

Com 90 horas de reserva de energia, o movimento é considerado um incrível alcance se comparado com as 42 horas de um ETA ou um Soprod. Um rotor bidirecional e transparente dá corda no relógio, que possui um único barrilete – mais uma característica encontrada em relógios caros. Por último, a marca afirma que o relógio pode entregar uma taxa de precisão que chega aos +/- 7 segundos por dia, um valor bastante próximo dos relógios de certificação COSC (-4/+6 segundos/dia).

swatch-sistem51-blue-8

A principal questão que é mantida sobre o Swatch51 é sobre sua confiabilidade. Longe de nós imaginar que o movimento não seja sólido ou preciso. Mas e se um problema aparecer? A roda de balanço e o escapamento não podem ser ajustados. Pior que isso: o fundo da caixa não pode sequer ser removido. É possível imaginar o que as pessoas fariam caso este relógio dê problema: compram um novo, como nos modelos de baixo custo de quartzo. Seria mais caro consertá-lo, de qualquer forma. Isto certamente é algo quase que descartado para amantes de relojoaria, que gostam de manter seus relógios vintage em perfeito estado.

swatch-sistem51-blue-13

Características
Sistem51 vem com atributos de relógios bem mais caros. Ele possui impressionante precisão e reserva de energia, mas também mudança instantânea de data à meia noite, com ajuste independente feito pela segunda posição da coroa, e mecanismo de parada de segundos. A última característica é que a corda também pode ser dada pela coroa. Lembre-se que muitos modelos Seiko não possuem estas complicações.

Em sua aparência, Sistem51 é um relógio simples, de três ponteiros com data. Mas muito mais complicado por suas características e seu movimento. Ele tem mais do que um modelo ETA, mas por uma fração do preço.

Design e uso diário
Não tenha dúvida que, visualmente, trata-se de um Swatch. A caixa translúcida é similar aos modelos de quartzo da marca. Mas mesmo feita de plástico, ela parece ser sólida e bem acabada, com uma textura granulada. O relógio está disponível em quatro versões, que você conheceu aqui. A coleção inteira vem com este visual celeste no dial, em que os pontos vermelhos representam o posicionamento das joias no movimento.

swatch-sistem51-blue-11

No pulso, Sistem51 é um pouco maior do que os outros relógios da marca. Ele possui 42 mm de diâmetro. Mas isto não muda seu conforto, que é auxiliado por seu baixo peso e maciez da pulseira de borracha. Sistem51 é cool e perfeito para os finais de semana.

Conclusão
Este é um modelo barato, com caixa de plástico, e não oferece nenhuma complicação chique. Ele não é o que chamaríamos de “haute horlogerie”. No entanto, é um relógio importante, que anuncia o futuro dos relógios convencionais. É um avanço industrial impressionante: o primeiro relógio mecânico completamente construído sem intervenção humana. Além disso, ele é o primeiro a possuir mais inovações tecnológicas do que qualquer outro relógio mecânico de baixo custo. Claramente, o novo lançador de tendências da indústria relojoeira. Mais impressionante de tudo é mencionar seu valor de apenas US$ 150. Você pode até odiar, mas não poderá negar o quanto isso é importante.

Uma pergunta ainda implora para ser respondida: Sabemos que marcas de alta gama jamais usarão movimentos Sistem51. Mas será que companhias mais econômicas, como Tissot e Hamilton ou mesmo Longines o usariam? Você aceitaria um outro modelo que não um Swatch equipado com este movimento?

Este é um modelo acessível e divertido que muitos vão adorar. Claro, aqueles livres de vícios em relógios irão adorá-lo por suas características e preço. Mas entusiastas saberão que será tudo uma questão de: precisão, materiais inovadores, processos industriais inovadores e características de alto acabamento.

 
 

Tags: Swatch Sistem51

Compartilhar artigo:
 
 

Warning: include(/srv/www/watchtimebrasil.com/rw.php): failed to open stream: No such file or directory in /homepages/15/d527161227/htdocs/watchtimebrasil/cms/wp-content/themes/wp-blossom102/single.php on line 112

Warning: include(): Failed opening '/srv/www/watchtimebrasil.com/rw.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php5.6') in /homepages/15/d527161227/htdocs/watchtimebrasil/cms/wp-content/themes/wp-blossom102/single.php on line 112
 

Newsletter

Cadastre-se aqui e receba uma vez por semana gratuitamente a newsletter do WatchTime Brasil com as melhores notícias, avaliações, recursos e atualizações sobre relógios diretamente da equipe WatchTime Brasil.

Siga o WatchTime Brasil

Assinar via Feed RSS Seguir no Instagram Seguir no Pinterest Seguir no Google Plus Participar do nosso grupo no LinkedIn Seguir no YouTube

2 Comentários

URL Trackback RSS Feed Comentários

  1. Jarlan Barroso Botelho disse:

    Caro Raphael Calles,
    Concordo com você em sua matéria sobre o Sistem51, especialmente com o fato dele ser uma revolução na indústria relojoeira Suíça, pois como você mesmo disse, é o primeiro relógio mecânico que não precisa de ação humana para ser montado. No que concerne a sua pergunta final, não acredito que outras marcas do Swatch Group ou de outras marcas fora do grupo, usariam esse movimento em seus relógios, em especial pelo fato destas marcas – especialmente a Tissot e Hamilton, já possuírem uma gama muito grande de movimentos de grande qualidade e ótima confiabilidade que já são conhecidos e “cultuados” por seus usuários, como eu no caso. Os ETA 2824, 2836-2, usados nos Tissot, e os H-21, H-31 e H-10 usados nos Hamilton são movimentos excelentes, e além disso, estão a mostra através dos fundos de safira, a vista dos amantes dos relógios mecânicos, que simplesmente não aceitariam o uso de movimentos de baixíssimo custo como o Sistem51. Nada impede, no entanto, que uma tecnologia ou outra seja compartilhada, como, aliás, já ocorre. Tome como exemplo o movimento Powermatic 80 dos Tissot. Nesse novimento, o órgão regulador não sofre interferência humana, e é ajustado por meio de laser, como no Sistem51. No mesmo rumo vai a reserva de marcha, que no Powermatic 80 é de 80h, quase a mesma do Sistem51. Nesse tocante, as tecnologias desenvolvidas pelo Sistem51 são bem vindas e podem ser aproveitadas nos demais movimentos da ETA. Grande abraço e parabéns pela excelente matéria.

  2. alberto disse:

    Comprei um sistema 51 há coisa de 3 semanas, com menos de 1 semana já tinha um arranhão no visor; costumo tirar o relógio para dormir, tomar banho e/ou nadar.. por mais de 3 vezes ao recolocar o relógio no pulso, este tinha parado, e mesmo no pulso não trabalhava, tinha que ficar dando corda por vários minutos…..É normal ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário pelo Facebook

Comentário(s) no Facebook