Vibrações, VPH

Em um movimento de relógio com uma roda de ajuste, uma vibração é um único giro da roda de ajuste. Uma vibração é metade de uma oscilação, ou uma semi-oscilação. Portanto, um giro da roda de ajuste em qualquer direção, por exemplo, em sentido horário, é uma vibração ou semi-oscilação, e dois giros, por exemplo, em sentido horário e depois anti-horário, são uma oscilação.

A frequência de um movimento de relógio pode ser expressada em Hertz (Hz) ou em vibrações por hora (vph), a que também nos referimos, às vezes, como A/h. A frequência em Hertz é o número de oscilações por segundo. Dobre o número de hertz para obter o número de vibrações ou semi-oscilações por segundo. Multiplique este número por 3600 (o número de segundos em uma hora) para obter a vph.

A frequência mais comum para movimentos de relógios de pulso mecânicos modernos é 4 Hz, ou 28.800 vph. Um relógio que funciona a 4Hz realiza 4 oscilações por segundo, ou 8 semi-oscilações (ou vibrações) por segundo. Há 60 segundos em um minuto, portanto, este relógio estaria funcionando a 480 semi-oscilações (ou vibrações) por minuto. Multiplicar as 480 vibrações por minuto pelos 60 minutos em uma hora produzirá o número de 28/800 vph.  Como este relógio produz um “tic” 8 vezes por segundo, um cronógrafo em um relógio de 28.000 vph pode marcar eventos até 1/8 de um segundo.

Seguindo esta fórmula, um relógio com uma taxa de 2.5 Hz ou 18.000 vph pode marcar eventos até 1/5 de segundo. Uma taxa de 3 Hz ou 21.600 vph produz uma precisão de 1/6 de segundo. Um relógio com uma taxa de 36.000 vph ou 5 Hz pode marcar o tempo até 1/10 de segundo.

Clique aqui para ir para a página principal do Glossário de Relojoaria