6 perguntas para entender a parceria entre Citizen e Magnum Group

Escrito por , 08/10/2014 em Citizen, Entrevistas, Notícias com 14 Comentários

CITIZEN ECO DRIVE SATELLITE WAVE F100No final de maio deste ano a relojoaria Citizen anunciou que suas atividades no Brasil passariam a ser controladas pelo Magnum Group. O conglomerado – que é responsável por marcas como Champion, Bulova, Frédérique Contant, entre outras – fica responsável pela produção e distribuição dos modelos que levam o nome da companhia japonesa. Para entendermos melhor como este processo funcionará no País, conversamos por e-mail com Fernando José Martins, gerente nacional para marcas internacionais do Magnum Group. Leia, abaixo, suas considerações em seis perguntas:

WatchTime Brasil: O que aconteceu para o Magnum Group assumir as atividades comerciais e administrativas da Citizen no Brasil?
Fernando José Martins: Devido à grande e longeva parceira que a Magnum e Citizen possuem na compra de mecanismos, aliado também ao fato da forte e expressiva presença da Magnum no mercado brasileiro de relógios, a Citizen vislumbra que, ao transferir as atividades comerciais e administrativas para a Magnum, a performance da companhia será ainda melhor.

WTBR: Como funcionará, a partir de agora, esta parceria entre Magnum e Citizen?
FJM: A Magnum produzirá e comercializará os relógios Citizen para todo o mercado brasileiro.

Fernando José Martins, gerente nacional para marcas internacionais do Magnum Group

Fernando José Martins, gerente nacional para marcas internacionais do Magnum Group

WTBR: Podemos dizer que houve a nacionalização dos relógios Citizen? Os modelos serão fabricados ou apenas montados no Brasil?
FJM: Os relógios Citizen já eram montados no Brasil na fábrica da Citizen em Manaus. Agora, continuarão a ser montados na fábrica da Magnum que possui a maior e mais moderna fábrica de relógios da América Latina e uma das maiores do mundo.

WTBR: Todos os produtos apresentados pelas marcas nos trend shows serão trazidos para o Brasil?
FJM: As principais coleções disponíveis da Citizen serão comercializadas no Brasil, bem como desenvolveremos algumas coleções para o mercado brasileiro atendendo as demandas específicas do mercado nacional.

WTBR: Como acontecerá a venda dos relógios da marca? Os antigos pontos de venda serão mantidos?
FJM: Desde abril deste ano, temos 25 representantes exclusivos para a marca Citizen que atendem todos os clientes potenciais no Brasil. Todos os clientes que comercializavam Citizen e que tenham interesse e condição de continuar com a marca serão mantidos. Adicionalmente, todos os outros novos clientes que também tenham interesse e condição de comercializar a marca são bem vindos.

Modelo Eco-Drive Satellite Wave F100, apresentado no evento de anúncio da nova parceria

Modelo Eco-Drive Satellite Wave F100, apresentado no evento de anúncio da nova parceria

WTBR: A política de preços da marca será mantida ou o consumidor pode esperar uma queda no preço?
FJM: A Magnum sempre oferecerá as melhores condições comerciais tanto para clientes e consumidores, de acordo com estrutura de custos vigentes no país.

 
 

Tags: Citizen Eco-Drive Satelite Wave F100

Compartilhar artigo:
 
 
 

Newsletter

Cadastre-se aqui e receba uma vez por semana gratuitamente a newsletter do WatchTime Brasil com as melhores notícias, avaliações, recursos e atualizações sobre relógios diretamente da equipe WatchTime Brasil.

Siga o WatchTime Brasil

Assinar via Feed RSS Seguir no Instagram Seguir no Pinterest Seguir no Google Plus Participar do nosso grupo no LinkedIn Seguir no YouTube

14 Comentários

URL Trackback RSS Feed Comentários

  1. Alberto Larroudé disse:

    Gostaria de saber com o farei para trocar a bateria de meu relógio CITIZEN DIVER´S, pois sempre levei a uma revenda autorizada CITIZEN, que era anteriormente na Rua Albuqurque Lins e depis na Marques de São Vicente.
    Estou com meu relógio parado e não sei como fazer para não perder a garantia de um perfeito funcionaento pois efetuo mergulhos com ele e não tenho confiança em relojoeiros “pararalelos´´…
    Att,
    Alberto Larroudé

    • Ma disse:

      Fui ontem na autorizada da república em SP exatamente com este problema. Disseram-me que a troca de bateria custa 20 reais, a troca da guarnição uns 7 reais, mas que se eu quisesse a garantia do serviço teria que pagar a taxa de manutenção de 300 reais. Caso contrário, se após a troca de bateria o relógio não funcionasse não seria problema deles. Isso após esperar mais de meia hora pelo orçamento no qual o relógio (que exceto pela bateria descarregada funcionava perfeitamente) foi aberto, de acordo com a atendente.

      • Fábio valentim disse:

        O grupo magnum está cobrando esse valor de 300 reais para todos os.clientes que vai trocar a bateria, isso é uma vergonha, todos têm que ser esperto se não vai paga esses 300 reais!!!!

    • Osvaldo disse:

      Tenho vários relógios da Citizen e o último que comprei pela internet não sabendo desta parceria veio um relógio todo frágil e mal acabado.
      A Citizen acaba de vacalhar seus relógios
      Eita Brasil!!!!!

    • Gilmar disse:

      Partir para um automático ou um Eco Drive E acabar com essa chatice de trocar bateria a cada ano!!!

  2. Alexandre disse:

    Uma vergonha!
    A Citizen fazer essa parceria.
    Preciso trocar a bateria do meu Aqualand jp2004 07 e não confio levar nessas relojoarias boca de porco

  3. Eder Rogeério Daniel disse:

    Tenho um relógio antigo que enviei para manutenção, a resposta veio curta e grossa, (não temos peças)

  4. Natanael Romão disse:

    Bom eu não aconselho a ninguém a levar seus relógios citizen na autorizada da Magnum citizen na sete de setembro em São Paulo São uns bandidos levei pra um orçamento que esta comigo aqui onde eles diziam que havia várias coisas para consertar no meu relógio novo . Sai com o orçamento e levei numa fornitura em campinas eles olharam e disse que meu citizen eco drive estava parando porque eu não estava sabendo por ele para carregar da maneira correta me instruiram o jeito certo e estou aqui usando o relógio sem ter gasto nada , sendo que esses picaretas da Magnum citizen da sete de abril me disseram.que eu teria que gastar 400 reais pra arrumar um relógio que estava arrumado .olha a postura de uma empresa que se diz seria veja bem

  5. jose sergio souza da silva disse:

    GOSTARIA DE SABER QUAL O TELEFONE DO SAC DA CITIZEN.
    NO AGUARDO.

    SÉRGIO SOUZA

  6. Anderson disse:

    Aos amigos aconselho a levar os relógios na rua Rosa e Silva, uma autorizada da citzen

  7. Fabio disse:

    Gostaria de compra a pulseira desse modelo (E168-SD61890 HST) mas não acho em lugar nenhum do Brasil. Alguem pode me ajudar??

  8. Naldo disse:

    Interessante.

  9. Fernando Luiz disse:

    Comprei um relógio automático da marca Magnum. Na ânsia de informações sobre o produto e como o manual do produto é bem simples acabei decidindo pesquisa a marca na internet e descobri que meu Magnum utiliza um mecanismo chamado Miyota que é uma marca pertencente a Citizen. Então resumindo é tudo um conglomerado só. O Relógio Magnum é muito robusto e bem acabado, mas me preocupa o fato que quando procura nas fornituras quase não acha peças para esse modelo. Mas enfim desejo sucesso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário pelo Facebook

Comentário(s) no Facebook